Bebidas ilegais podem ganhar espaço quando restrições ao álcool aumentam

Artigo

A Organização Mundial da Saúde afirma que “aplicar restrições severas à disponibilidade do álcool pode promover o desenvolvimento do mercado ilícito". Em 2015, o país aumentou a alíquota do IPI das bebidas destiladas para 25% e 30%, elevando artificialmente o preço das bebidas por meio da sobretaxação. A restrição pode ter fom...

Postado em 28 de agosto de 2020

Leia Mais

O que é e para que serve uma dose padrão

Artigo

A dose padrão para o consumo de bebidas alcoólicas é um conceito que desmistifica, empodera e constrói.Em primeiro lugar, desmistifica a falsa ideia de que existem bebidas fortes e fracas. Imagine uma mesa de bar com três amigos. Um está bebendo 330 ml de cerveja, a um teor alcoólico de 4%; o outro está bebericando 100 ml de vinho tinto, a...

Postado em 23 de abril de 2020

Leia Mais

O que um cientista do século 18 tem a ver com seu drink?

Artigo

O químico e físico francês Joseph Louis Gay-Lussac viveu nos séculos 18 e 19 e estudou, entre outras coisas, o comportamento das misturas de álcool e água, o que deu origem à escala Gay-Lussac para medição do volume alcoólico. O legado do trabalho do cientista está estampado nos rótulos das garrafas de bebidas. Isso porque o teor al...

Postado em

Leia Mais

O consumidor esclarecido

Artigo

Estar bem informado é o primeiro passo para exercer o consumo moderado e responsável de bebidas alcoólicas. Listamos as principais características do “consumidor esclarecido” e como ele age em favor da moderação do consumo de álcool. ...

Postado em

Leia Mais

A Dose Padrão

Artigo

A Dose Padrão é utilizada em todo o mundo como medida de moderação para o consumo de álcool. E no Brasil? Por aqui, o Instituto Akatu vai ser um facilitador do diálogo com a sociedade para definir e difundir a dose padrão no país. ...

Postado em

Leia Mais

Bebida ilegal faz mal para o país inteiro

Artigo

“Aplicar restrições severas à disponibilidade do álcool pode promover o desenvolvimento do mercado ilícito.” Organização Mundial da Saúde (OMS) As bebidas ilícitas estão em toda parte. Hoje, 14,6% do volume de álcool puro que circula no mercado de bebidas brasileiro é ilegal*. A situação é ainda mais crítica nos destilados: ...

Postado em

Leia Mais

O preço alto da desigualdade tributária

Artigo

“O caminho mais justo e matematicamente prudente seria o do fim de privilégios pontuais e o da redução das assimetrias, senão o da adoção de uma isonomia tributária. Isso garantiria a competitividade entre empresas e produtos, desestimularia a ilegalidade e a ilicitude e beneficiaria a sociedade em geral.”Gesner Oliveira, professor da ...

Postado em 17 de abril de 2020

Leia Mais